Saiba de que forma os produtos orgânicos contribuem para o combate à poluição

Saiba de que forma os produtos orgânicos contribuem para o combate à poluição

Uma das melhores formas de acabar com a poluição é consumindo produtos orgânicos. E a forma com as quais a agricultura e pecuária são realizadas ajuda a explicar tal afirmação.

Queimadas em série para criar pastos destroem florestas e poluem o ar. Como um dos maiores produtores agrícolas do mundo, o Brasil é também líder mundial no uso de agrotóxicos em plantações e lavouras de Norte a Sul do país.

Entre herbicidas, pesticidas, fungicidas e fertilizantes químicos, o Brasil permite o uso de mais de 450 tipos de agrotóxicos e utiliza todos os anos uma média de 7,3 litros de veneno por habitante. 

Além de afetar diretamente a qualidade dos vegetais em que são aplicados, os agrotóxicos se espalham pelo ar e escorrem para o solo e para as águas de rios, mares, lagos e lençóis freáticos.

Essas são formas gravíssimas de poluição que são condenadas e não fazem parte do processo da produção orgânica. Siga a leitura e saiba de que forma os produtos orgânicos contribuem para o combate à poluição!

 

Poluição: como combatê-la

Ao afetar a qualidade do ar, da água e do solo, a poluição é um transtorno ambiental que atinge a todos: de humanos a animais, passando pelas plantas e pelos alimentos que consumimos, ninguém fica a salvo da exposição a substâncias tóxicas que podem levar a doenças, a danos físicos e cerebrais e até à morte.

Conheça alguns dados sobre a poluição:

  • Um estudo publicado no início de 2021 aponta que a poluição causou 8,7 milhões de mortes no mundo só em 2018;
  • A Organização das Nações Unidas, por outro lado, estima que poluição seja responsável pela morte de 12 milhões de pessoas anualmente;
  • A agricultura tradicional é uma das responsáveis por contaminar fontes de água potável com bactérias resistentes a antibióticos – bactérias causadoras de infecções que podem se tornar a segunda maior causa de mortes no planeta até 2050;
  • O uso indevido de agrotóxicos e substâncias químicas na agricultura também pode levar milhões de pessoas ao desenvolvimento de doenças físicas e cerebrais.

 

Os produtos produzidos pela agricultura orgânica e da criação sustentável de animais, por outro lado, não promovem queimadas e são livres de agrotóxicos, fertilizantes artificiais e outros produtos químicos que prejudicam a saúde humana e a natureza.

Na agricultura orgânica, frutas, legumes e verduras são fortalecidas e protegidas contra pragas com sistemas naturais de fertilização e prevenção. Os animais de criação são alimentados com produtos orgânicos e não recebem antibióticos e promotores artificiais de crescimento – cujos resíduos também poluem a natureza.

 

Por que escolher alimentos orgânicos?

Está nas mãos e nas escolhas que cada indivíduo toma a capacidade de toda a raça humana em acabar com a poluição: é com pequenos gestos que o impacto da degradação ambiental pode ser minimizado e a compra de produtos orgânicos é uma atitude simples que gera resultados gigantescos.

A busca por alimentos sustentáveis pode ajudar a salvar as florestas das queimadas e reverter a degradação da qualidade do ar, do solo e da água. Ao priorizar a ética e a sustentabilidade, o cultivo orgânico e a criação humanizada de animais geram produtos que agregam valor e beneficiam o meio ambiente e todos os envolvidos – do produtor ao consumidor.

A saúde e o paladar também agradecem: livres de resíduos de hormônios, pesticidas e outras substâncias químicas, os alimentos orgânicos são saudáveis e saborosos!

Em um mercado repleto de incertezas e deslealdades, porém, diferenciá-los é um desafio que pede uma solução confiável e imediatamente reconhecível. E a melhor maneira de ter certeza absoluta que um produto é de fato orgânico é com a certificação orgânica oferecida pela Ecocert.

→ Devo investir em certificação orgânica? Descubra a resposta!

Publicado em
Categorias:
Orgânicos
Nenhum comentário

Comentar

três − um =

Top