Conheça o mercado de orgânicos no Japão e saiba como acessá-lo

Conheça o mercado de orgânicos no Japão e saiba como acessá-lo

Apesar de o mercado de orgânicos no Japão corresponder a apenas 1,4% do setor alimentício no país, ele tem uma participação global de 1,5% e movimentou 97 bilhões de Euros em 2018, de acordo com um levantamento da Ecocert Japan.

O mercado japonês de produtos agrícolas movimenta por ano cerca de JPY 6 trilhões, com um volume de importação 10 vezes maior do que os produtos de exportação.

Como o território do país é pequeno e bastante acidentado, o que dificulta o cultivo, e a população é numerosa, o Japão importa produtos agrícolas do mundo inteiro e é o quinto maior destino das exportações brasileiras.

Isso representa oportunidades para os nossos produtores, especialmente para quem deseja comercializar orgânicos no Japão. Os produtos agrícolas brasileiros arrecadaram 2,3 bilhões de dólares em exportações para o Japão, sendo os principais produtos:

  1. Frango (USD 763 milhões)
  2. Grãos de café (USD 324 milhões)
  3. Grãos de Soja (USD 242 milhões)
  4. Suco de Laranja (USD 157 milhões)
  5. Milho (USD 157 milhões)

 

Em 2019, o MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) identificou a possibilidade ampliar o comércio de orgânicos para o Japão, principalmente frutas.

Além disso, o Brasil é o maior produtor de arroz orgânico da América Latina, com 27 mil toneladas produzidas por ano, e o produto pode ser bem aceito no Japão, que é um dos maiores consumidores do alimento no mundo. O Brasil também lidera a produção mundial de açúcar orgânico, que pode ser encontrado com facilidade no mercado japonês.

Japan Agricultural Standards

Em média, 30% dos orgânicos no Japão são produtos agrícolas primários e 70% são produtos processados. Da produção orgânica local, as categorias mais consumidas são vegetais, frutas, arroz, trigo, soja e chá verde, que tem a maior fatia do mercado, com 6,28%.

Em valores monetários, o Japão é o 3º maior mercado que certifica produtos orgânicos, junto com União Europeia, Estados Unidos, e China. Juntos, os padrões de certificação desses locais são responsáveis por 90% das certificações orgânicas no mundo.

Como certificadora presente em mais de 130 países, a Ecocert possui uma certificação para que você consiga comercializar seus produtos orgânicos no Japão. O selo JAS (Japan Agricultural Standards) rege a produção, processamento, rotulagem e comercialização dos produtos orgânicos naquele país e abrange produtos de origem vegetal ou animal.

Mercado de orgânicos no Japão

Além dos produtos orgânicos in natura e dos processados, a certificação JAS já pode ser  aplicável para produção animal, gado, o que pode incrementar o rol de produtos orgânicos no Japão e aumentar as possibilidades dos produtores brasileiros.

A certificação JAS é emitida pela Ecocert Japan e possui alto nível de confiabilidade pelo órgão acreditador japonês MAFF (Ministério da Agricultura, Floresta e Pesca). No país, a Ecocert é a companhia global que oferece certificação local e internacional para produtos orgânicos.

Em parceria com a Ecocert Brasil, a obtenção da certificação JAS para comercialização de orgânicos no Japão é facilitada pela comunicação próxima entre os dois escritórios, que podem, juntos, garantir a evolução da certificação, pois os certificados são emitidos pela Ecocert Japan com base nos relatórios de inspeção da Ecocert Brasil.

Certificação de orgânicos na Ásia

Além de emitir certificação de orgânicos voltada para o Japão, o grupo Ecocert também está apto a seguir o Regulamento Nacional da República da China para produtos orgânicos e emitir o selo adequado para comercialização no país. Este processo é conduzido pela Ecocert China, com a facilitação do primeiro contato pela Ecocert Brasil.

Ao contrário da certificação para a China, o processo é conduzido pela Ecocert Brasil, que realiza a inspeção pela Konkuk Ecocert da Coreia do Sul. Este órgão efetua a análise para certificação e emite os certificados necessários.

Que tal ter seu produto orgânico comercializado no Japão ou outras regiões da Ásia? Há espaço para crescer no mercado de orgânicos na Ásia, mas é importante estar atento às exigências para a certificação de orgânicos nestes países.

Conheça os guias da certificação Ecocert e entre em contato conosco para conhecer as oportunidades globais que a certificação internacional tem a oferecer!

Publicado em
Categorias:
Certificações, Ecocert
Nenhum comentário

Comentar

Top