Como promover a agricultura sustentável e ganhar mais alcance no mercado?

Como promover a agricultura sustentável e ganhar mais alcance no mercado?

A agricultura sustentável se torna cada vez mais necessária, à medida que a preocupação sobre o futuro do meio ambiente aumenta. A sociedade está cada vez mais exigente quanto a isso e as empresas chegaram a um ponto irreversível: ou repensam suas formas de produção, ou correm o risco de serem excluídas do mercado.

Mas como garantir uma viabilidade financeira na agricultura e ao mesmo tempo seguir as normas de respeito ao meio ambiente? A resposta é simples: somando as práticas de agricultura com as melhores práticas de sustentabilidade. Foi daí que o termo “agricultura sustentável” surgiu.

E para colocar em prática este modelo sustentável de produção, é preciso atentar para reduzir o uso de substâncias químicas, fertilizantes, pesticidas, buscar formas de energia limpa, além de passar a reutilizar a água utilizada na irrigação da fazenda.

No entanto, existem inúmeras outras formas de promover a agricultura sustentável. Separamos algumas delas aqui, para que você comece a praticar, contribua com o meio ambiente e  também passe a ter mais visibilidade no mercado. 

 

Alternar o plantio de espécies 

Ao plantar somente um tipo de alimento, como milho ou feijão, por exemplo, o solo passa por um processo de degradação e isso pode causar sérios problemas para o produtor, que pode perder a produtividade, pois o solo pode ficar pobre em  nutrientes e vulnerável a pragas e insetos.

Por isso, de acordo com as boas práticas de agricultura sustentável, é necessário alternar o plantio das espécies num mesmo solo. Só assim, o produtor pode garantir uma maior qualidade da terra e dos alimentos colhidos.

 

Priorizar o uso racional da água

O uso da água na agricultura equivale a 70% do consumo mundial. Diante disso, o uso racional da água deve ser prioridade para os agricultores, já que são eles que mais utilizam o recurso para manutenção de suas colheitas. 

Uma das formas de priorizar esse consumo sustentável é a implementação de sistemas de gestão, que promovem a elaboração de um planejamento voltado para o uso adequado da água nas fazendas. Um exemplo de um sistema viável é a captação de água da chuva.

Para implementar este tipo de captação, basta iniciar a instalação de alguns materiais fáceis de serem encontrados, como canos de PVC, bambu e calhas. Essa água, depois de filtrada e armazenada, pode ser utilizada na irrigação e na limpeza em geral.

 

Utilizar a técnica de compostagem

Essa técnica consiste em aproveitar os resíduos orgânicos, restos de alimentos que seriam jogados fora, para produzir adubos. Com a degradação da matéria orgânica, é gerado um composto e com ele é possível nutrir a terra com diferentes tipos de minerais, tais como fósforo, potássio, cálcio e magnésio.

A prática é bastante utilizada na maioria das fazendas e além de ajudar a aumentar a produtividade, a compostagem reduz custos e contribui para a sustentabilidade do meio ambiente.

 

Recuperar as pastagens degradadas

Toda criação de gado depende das pastagens. Elas, que protegem o solo contra a erosão, devem ser bem cuidadas e precisam ser recuperadas quando necessário. 

Para recuperar, é necessário repor a fertilidade do solo, sem preparo, nem replantio do pasto e o rebanho pode permanecer na área. Dessa forma, o agricultor consegue reduzir os gastos e ainda aumentar sua produção.

 

Produzir alimentos orgânicos 

Ao adotar boas práticas de agricultura sustentável, o produtor contribui para melhores condições de vida aos consumidores. Através dos alimentos orgânicos, é possível manter uma dieta saudável, diminuindo os riscos de contrair doenças ou infecções.

Por isso, os consumidores estão cada dia mais exigentes. A busca por alimentos orgânicos e por empresas comprovadamente comprometidas com a sustentabilidade só tende a crescer.

Dessa forma, promover a agricultura sustentável só traz benefícios, não só para as empresas, mas também para a melhoria do solo, qualidade dos alimentos e preservação da biodiversidade local.

Para conhecer alguns selos de sustentabilidade e ficar por dentro sobre o que deve ser feito para certificar seu modelo de produção, baixe gratuitamente o e-book: Descubra qual o melhor selo para o seu negócio.

 

Publicado em
Nenhum comentário

Comentar

2 + 11 =

Top