Como aumentar a produtividade na agricultura orgânica?

Como aumentar a produtividade na agricultura orgânica?

A pandemia do coronavírus gerou novos hábitos de consumo, provando que as pessoas estão mais preocupadas com a saúde e mais exigentes com relação aos alimentos que consomem. Não por coincidência, o crescimento do mercado de orgânicos salta aos olhos no mundo todo – e com ele, a demanda por mais produtividade na  agricultura orgânica.

Crescendo a uma taxa prestes a superar os 10% anuais, a previsão é que o mercado global de orgânicos ultrapasse o valor de U$ 221 bilhões em 2021 e chegue aos U$ 380 bilhões em 2025. 

No Brasil, que ganhou 2,3 mil novos produtores orgânicos entre o início de 2020 e maio deste ano, a taxa de crescimento anual também é de 10%.

Com a adesão destes novos produtores orgânicos, o Brasil hoje possui um total de 25,4 mil agricultores registrados no Cadastro Nacional de Produtores Orgânicos do Ministério da Agricultura

São milhares de agricultores que estão atentos à qualidade do que plantam e se perguntam: como aumentar a produtividade na agricultura orgânica?

Produtividade e comercialização

A melhor forma de aumentar a produtividade na agricultura orgânica também é a resposta para três outros desafios que todo produtor precisa resolver: 

  • a viabilidade financeira do negócio;
  • a garantia de respeito ao meio ambiente;
  • como comprovar ao consumidor que trata-se de um alimento de fato gerado de forma 100% orgânica.

 

E a resposta está no selo de certificação de produtos orgânicos. Pois ao longo do caminho para conquistar o selo, o agricultor passa a cumprir uma série de condições que vão assegurar a sustentabilidade da produção, proporcionam economia a longo prazo e ainda aumentam a produtividade na  agricultura orgânica

Assim, ao seguir todos os requisitos para práticas sustentáveis e ao conquistar o direito de utilizar o selo de certificação de produtos orgânicos, o produtor se diferencia dos demais e obtêm credibilidade no mercado, favorecendo a comercialização do seu produto.

O primeiro passo para conquistar este objetivo é criar o Plano de Manejo Orgânico.

A importância do Plano de Manejo Orgânico (PMO)

O Plano de Manejo Orgânico (PMO) é uma exigência primária da legislação brasileira para que qualquer propriedade rural possa ter seus produtos certificados como orgânicos.

Além de estruturar e implementar o PMO em sua propriedade, o produtor deve monitorar os resultados e realizar os ajustes necessários continuamente.

Com conteúdo que varia de acordo com o objetivo da propriedade rural (se visa a produção vegetal ou o processamento), o Plano de Manejo Orgânico é indispensável para aumentar a produtividade na agricultura orgânica.

É através do PMO que o produtor consegue controlar custos, identificar falhas e aplicar soluções que geram produtividade e garantem a qualidade do produto final.

Órgãos credenciados junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) como a Ecocert são responsáveis pela certificação de produtos orgânicos e por vistoriar, acompanhar e aprovar a execução do Plano de Manejo Orgânico nas propriedades rurais.

Conquiste espaço no mercado

Uma sociedade cada vez mais preocupada com o futuro do meio ambiente e com a qualidade daquilo que consome traz consequências imediatas para o mercado de alimentos: a empresa que não reconsiderar seu método de produção e aderir ao conceito de agricultura sustentável corre o risco de perder credibilidade e clientes.

Aos olhos do consumidor, o selo de certificação de produtos orgânicos é a garantia de que aquele produto na prateleira do mercado teve:

  • uma produção livre de fertilizantes, agrotóxicos e outros produtos químicos; aproveitou de forma eficaz os recursos naturais; 
  • respeitou a saúde de animais, plantas e seres humanos.

 

Segundo uma pesquisa da Organis, 71% das pessoas que consomem orgânicos afirmam identificar um produto orgânico pela embalagem – com a presença do selo de certificação de orgânicos da Ecocert, seu produto nunca deixará de ser notado.

Conheça o passo a passo para certificação de orgânicos!

Publicado em
Categorias:
Orgânicos
Nenhum comentário

Comentar

3 × um =

Top